Escrita10
Enredo10
Personagens10
Conclusão10
Capa10
Diagramação10
10Total
Reader Rating: (1 Vote)
10.0
Titulo Original:  Le Comte de Monte-Cristo
Titulo Traduzido: O Conde de Monte Cristo
Editora: Zahar
ISBN: 9788537801130
Ano da Edição: 2008
Ano da Publicação Original:
Páginas: 1844
Tradutor:Rodrigo Lacerda e André Telles
 

(…) aqui tem todo o segredo da minha conduta para consigo: não existe felicidade nem infelicidade neste mundo, existe apenas a comparação de um estado com outro e mais nada. Só aquele que experimentou o extremo infortúnio se encontra apto a experimentar a extrema felicidade. É necessário ter querido morrer, Maximilien, para saber como é bom viver.

Confira nossa resenha em vídeo de um dos maiores clássicos da literatura francesa e mundial. O Conde de Monte Cristo desde seu lançamento na forma de folhetim em 1844 vem atraindo uma multidão de leitores ávidos por boas histórias, o livro que pode ser considerado um dos maiores tratados sobre a vingança é também um gigantesco estudo de personagem e moral. Infelizmente o livro não adquiriu o mesmo status que seus contemporâneos pela crítica especializada, mas nada diminui a grandeza e força desta maravilhosa obra. As edições mostradas no vídeo, da editora Zahar, são de um capricho sensacional, tendo sua tradução ganhado o prêmio Jabuti de melhor tradução do ano. Confira a resenha no vídeo abaixo e não se esqueça de se inscrever em nosso canal no Youtube (acesse o link)

About The Author

Crítico Literário

Fundador, Editor e proprietário do Cine Eterno e estudante de Engenharia Civil mas fascinado pela magia e poesia do cinema e da literatura. Acredita na potencialidade da arte como complemento do modo de vida humano, auxiliando, desvendando e por vezes mitificando diversos conceitos pessoais do homem. Como diria Chaplin " Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa se extrair a imaginação"