Escrita7
Pesquisa9
Estruturação7
Capa/Edição9.5
8.1Total
Reader Rating: (0 Votes)
0.0

Título: Strange Fruit – Billie Holiday e a Biografia de uma canção

Editora: Cosac Naify

ISBN: 9788540501751

Ano: 2012

Páginas: 144

Tradutor: José Rubens Siqueira

A história da primeira canção-protesto contra o racismo nos EUA merece ser lida.

Billie Holiday é uma das maiores cantoras de Jazz de todos os tempos. Conhecida pela emoção e entrega na interpretação das canções a cantora teve uma vida conturbada que culminou em sua morte por cirrose hepática ainda jovem.

Ela foi interprete de uma canção que chocou seu tempo por colocar em pauta um assunto indiscutível naquela época. Sendo negra sua canção-protesto contra o racismo nos Estados Unidos era ainda mais impactante e corajosa. A musica retratava os linchamentos que aconteciam no sul do país, no qual negros eram enforcados, queimados e torturados por atos banais e rotineiros.

A canção é forte e impactante, e a pesquisa de David Margolick, consegue trazer a tona a tensão e o clima presentes na época, elencando os principais pontos na história desta canção corajosa. Sua criação, primeira apresentação e importância com o passar dos anos são assuntos discutidos com eficácia no livro. A narrativa é interessante, apesar de mostrar-se superficial em certos aspectos.

Confira a vídeo resenha para saber melhor meu ponto de vista, além de poder escutar a música que chocou os americanos na década de 40.

 

 

About The Author

Crítico Literário

Fundador, Editor e proprietário do Cine Eterno e estudante de Engenharia Civil mas fascinado pela magia e poesia do cinema e da literatura. Acredita na potencialidade da arte como complemento do modo de vida humano, auxiliando, desvendando e por vezes mitificando diversos conceitos pessoais do homem. Como diria Chaplin " Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa se extrair a imaginação"