Escrita10
Enredo10
Personagens10
Conclusão10
Adaptação para HQ9
Arte9
9.7Total
Reader Rating: (0 Votes)
0.0

Título: Dois Irmãos

Autor do Romance: Milton Hatoum

Autores da HQ: Fábio Moon e Gabriel Bá

Editora: Companhia das Letras

ISBN: 9788535908336

Ano: 2007/2015

Páginas: 200/232

Uma história profunda sobre a formação do próprio eu.

Ler é caminhar numa estrada sem controle da direção. E quando somos levados para Manaus em diferentes períodos do século passado sob as mãos certeiras de Hatoum a viagem torna-se uma memória inesquecível. E nada mais conveniente do que falar de memórias, quando falamos de dois irmãos, ou mais coerentemente, quando falamos do produto destes dois irmãos: Um filho em busca de seu próprio eu.

O romance não é apenas a história de dois irmãos singulares e antagônicos como outras tantas histórias já contadas, através da bíblia, autores gregos e contemporâneos. É principalmente a história de um narrador-personagem, que constitui-se produto incerto desta amalgama dos irmãos. Vamos acompanhar o relato de outros relatos que são colhidos pelo narrador. Caminharemos em areias movediças, pisando em terrenos incertos de memórias. O desenrolar das páginas do romance torna-se o desenrolar do desenvolvimento do narrador, que está a procura do pai, da sua verdadeira história.

Um livro visualmente belo e cheio de poesia em cada constatação. É lindo poder ver uma obra tão profunda em tão poucas páginas. Sinto que o autor aperfeiçoou o romance de tal maneira, que ao final temos contato com um pequeno frasco repleto dos mais belos perfumes da vida, de Manaus, um retrato do Brasil que ainda não conhecia.

promo

E quando chegamos ao final percebemos a construção e formação daquele eu perdido, e vislumbramos que ao final da vida todos nós podemos construir nossa própria história, por mais que o passado seja incerto e o futuro desacreditado. Uma mensagem bela para um país cheio de crianças sem passado.

A adaptação para quadrinhos, dos irmãos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, reflete, em preto e branco, os quadros de Manaus e o desenvolvimento dos personagens através do tempo de forma belíssima. Os mistérios ainda estão todos lá, e o final emblemático do romance também é singular na adaptação. Entretanto, o melhor é ler as duas obras.

Para saber mais detalhes confira no vídeo as minhas opiniões sobre os aspectos positivos e negativos dos livros. Não esqueça de inscrever-se em nosso canal.

 

About The Author

Crítico Literário

Fundador, Editor e proprietário do Cine Eterno e estudante de Engenharia Civil mas fascinado pela magia e poesia do cinema e da literatura. Acredita na potencialidade da arte como complemento do modo de vida humano, auxiliando, desvendando e por vezes mitificando diversos conceitos pessoais do homem. Como diria Chaplin " Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa se extrair a imaginação"