Silence agora é realidade! Projeto passional do diretor Martin Scorsese que está em desenvolvimento desde a década de 90, filme finalmente ganhou seu primeiro trailer. Assista abaixo:

A sinopse oficial:

“Silence conta a história de dois missionários cristãos que enfrentam um teste final da fé quando partem em uma jornada ao Japão para encontrar seu mentor desaparecido -em uma época quando o Cristianismo era ilegal e suas presenças proibidas.”

O elenco do filme é formado por Andrew Garfield (O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro), Adam Driver (Paterson, Star Wars: O Despertar da Força, Será Que?, Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum), Liam Neeson (O Caçador e a Rainha do Gelo, Busca Implacável 3, Caçada Mortal), Tadanobu Asano (47 Ronins, Thor: O Mundo Sombrio), Ciarán Hinds (Hitman: Agente 47, Game of Thrones, Últimos Dias no Deserto), Nana Komatsu, Shin’ya Tsukamoto, Michié e Ryô Kase, entre outros.

Martin Scorsese (Vinyl, O Lobo de Wall Street, A Invenção de Hugo Cabret) dirige a partir do roteiro de Jay Cocks (Gangues de Nova York, A Época da Inocência), que adapta o livro homônimo de Shûsaku Endô, lançado em 1966.

Além do próprio Scorsese, também produzem o filme Barbara De Fina, Randall Emmett (Evereste, O Grande Herói, Rota de Fuga), Vittorio Cecchi Gori, Emma Tillinger Koskoff, Gaston Pavlovich (Negócio das Arábias) e Irwin Winkler (Creed: Nascido para Lutar).

Uma produção IM Global, Cappa Defina Productions, Cecchi Gori Pictures, Emmett/Furla/Oasis Films e Sikelia Productions, o filme tem distribuição da Paramount Pictures nos Estados Unidos, com um lançamento limitado agendado para 23 de Dezembro de 2016, tornando o filme elegível ao Oscar.

No Brasil, ainda sem título nacional, Silence tem distribuição da Imagem Filmes, com lançamento previsto para 26 de Janeiro de 2017.

About The Author

Especialista em Cinema, Tecnólogo em Produção Multimídia e Técnico de Produção em Áudio e Vídeo. Cinéfilo desde que se conhece por gente, teve o sonho frustrado de ser cineasta e, agora, abre mão da vida social para se dedicar às séries e filmes.